Ex-goleiro Bruno deixa prisão após quase sete anos detido

goleiro-bruno-1

O ex-goleiro do Flamengo, Bruno Fernandes de Souza, foi solto da prisão onde estava detido. Ele foi liberado da Associação de Proteção e Assistência aos Condenados (Apac), em Santa Luzia, Região Metropolitana de Belo Horizonte, nesta sexta-feira (24). O ex-atleta estava acompanhado de sua esposa e de advogados.

Bruno estava detido desde 2015 na Apac, contudo, permaneceu preso desde 2010. Ele passou seis anos e sete meses em regime fechado. Agora, ele pretende recorrer da condenação por homicídio triplamente qualificado contra a ex-namorada, Eliza Samudio.

 

 

 

IDADEA liberação de Bruno ocorreu após o ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), conceder habeas corpus para o goleiro Bruno, na última terça-feira (21). A decisão foi divulgada na manhã desta sexta-feira (24).

Em trecho da decisão, o ministro diz que Bruno tem direito a responder em liberdade. “A esta altura, sem culpa formada, o paciente está preso há 6 anos e 7 meses. Nada, absolutamente nada, justifica tal fato”, afirma.

Ainda no texto da decisão, o ministro afirma que o clamor social não é suficiente para “respaldar a preventiva”. Além disso, ele destacou os bons antecedentes de Bruno. “Por fim, colocou-se em segundo plano o fato de o paciente ser primário e possuir bons antecedentes. Tem-se a insubsistência das premissas lançadas”, diz.

Bruno foi condenado, em 2013, a 22 anos e 3 meses de prisão por matar e ocultar o cadáver de Eliza Samudio, além de sequestrar e manter em cárcere privado o filho Bruninho. Inicialmente, seriam 17 anos e 6 meses em regime fechado. O restante da pena seria cumprida em regime aberto.

Você também vai gostar:

Publicidade

Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.

*