Essa mãe notou que sua filha ria estranhamente. Quando o médico examina a bebê, ele fica apavorado.

bebebeebe-620x330

 

Paisley tem três meses de idade e é o orgulho e a alegria de seus pais, Carissa e Matt Hatfield, de Cincinnati, nos Estados Unidos. No entanto, enquanto para a maioria dos pais nada é mais gratificante do que a ver seu bebê mostrando um sorriso desdentado, Clarissa e Matt ficam preocupados sempre que sua filha ri.Percebemos que quando ela chorava, o seu olho esquerdo não fechava direito. E quando ela ria, o mesmo lado da sua boca não se mexia, lembra sua mãe.

33b25120aef6071b60c884760bef517d-800x656

Preocupados, os Hatfields entram em contato com um médico, que decide fazer um exame no cérebro dePaisley. Porém, este teste confirma o que os pais mais temiam: uma massa desconhecida se anexou na têmpora esquerda de Paisley, ao lado de seu cérebro. Não há nada pior para uma mãe do que o pensamento de que seu filho está gravemente doente e poderá morrer”, diz Clarissa.

Para extrair uma amostra de tecido da têmpora de Paisley, os pais tiverem que levá-la para um hospital infantil. No entanto, quando o resultado volta após a biópsia, o médico simplesmente balança a cabeça, incrédulo: ele não encontrou absolutamente nada! O suposto tumor simplesmente desapareceu e os médicos não conseguem explicar o porquê.

0572bfa5f1ffdc05bfe1f0781438ed7f

Sem encontrar uma resposta, os médicos sugerem que houve um erro no primeiro exame feito no cérebro de Paisley. No entanto, o hospital jura que ele foi realizado por um dos seus melhores radiologistas. “Nossos médicos temiam o pior, um tumor“, diz um porta-voz do hospital. “Mas quando os cirurgiõeschegaram ao local da massa, eles não encontraram nada.Eles não poderiam ter ficado mais contentes em dar essa boa notícia aos pais.

8eab76a8bdfb07f6804146aec0c340ff-800x718

É realmente um milagre”, diz o pai, Matt Hatfield, visivelmente feliz. Como tudo isso aconteceu perto do Natal, essa família acredita que não poderia ter recebido um presente melhor nesta época festiva. Se a inacreditável história da pequena Paisley também tocou seu coração, então compartilhe este artigo com todas as pessoas que você conhece.

Este é um site de noticias,curiosidades e tratamentos,ele não substitui um especialista.Consulte sempre sue médico.

Publicidade

Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.

*